gazetaonline - portal de notícias

Campanha de adoção busca novos lares para 140 crianças capixabas


Crianças com mais de 8 anos de idade, ou com algum problema de saúde, ou grupo de irmãos fazem parte de uma nova campanha de adoção lançada pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES). "Esperando por você" pretende sensibilizar as famílias capixabas de que 140 crianças que estão em abrigos também merecem um lar ( veja fotos e vídeos no final da matéria ).

A campanha, segundo o TJ-ES, dá voz a esses meninos e meninas, órfãos ou destituídos de suas famílias de origem e que já estão prontos para a adoção. Em vídeos exibidos na internet, no site do TJES , as crianças falam de suas qualidades, habilidades, potencialidades e sonhos.

A exposição também será feita em shoppings da Grande Vitória. A coordenadora da Comissão Estadual Judiciária de Adoção, Maria Inês Valinho de Moares, em entrevista à rádio CBN Vitória, falou dos desafios da adoção.

"São crianças maiores ou menores, mas que tem algum problema de saúde. Ou então estão inseridas em um grupo de irmãos, fatores que dificultam que elas sejam adotadas. Não temos a cultura ainda, infelizmente, da adoção tardia. É um vídeo que mostra criança de uma forma respeitosa, bem alegre, mostrando o potencial dela", comenta.

Na sexta-feira (12), dois dias após os vídeos serem exibidos no site, mais de 60 casais procuraram o Tribunal de Justiça.

Atualmente, no Espírito Santo, existem 855 casais habilitados em busca de um filho. A campanha foi inspirada nos casos de sucesso obtidos nos Estados Unidos, Russia, Bielorrússia e em outros Estados brasileiros. A cidade de Recife, por exemplo, implementou a campanha ?Adote um Pequeno Torcedor?, apoiado pelo Sport Club. As crianças com mais de 7 anos que torcem para o clube ganharam visibilidade em vídeos transmitidos no estádio e na internet. Nos 6 primeiros meses, cinco foram adotadas.

voltar a página anterior

Copyright 2017, Todos os direitos reservados ao gazetaonline
Desenvolvido por Gazeta Digital

AAA - Acessibilidade Brasil - Aprovado